Autor: Bernadete F. Leal

 

Objetivo: Crianças e jovens se familiarizarão com pessoas que são deficientes ou marginalizadas sofrendo preconceito na sociedade.

 

Idade:  A partir de 7 anos

 

Descrição:  Participantes irão entrevistar uma pessoa com deficiência ou que sofre preconceito na sociedade se sentindo excluída ou mal tratada.

 

Suporte: Crianças menores provavelmente precisarão do auxílio dos educadores ou pais. Este é um projeto que pode envolver toda a família. 

 

Entrevistado (Sugestão):

  1. Crianças: Entrevistar uma pessoa com deficiência física ou idoso.

  2. Jovens: Entrevistar pessoas com deficiência física, idoso, de cultura diferente, gay, aparência ou raça diferente, um amigo que sofre preconceito, etc . *Jovens podem fazer a entrevista e apresentação em dupla.

 

Perguntas

 

  1. Apresentar o entrevistado – Apenas o primeiro nome e algum detalhe sobre ele.

  2. Tipo de deficiência/preconceito e quando começou

  3. Quais as dificuldades que têm enfrentado devido a deficiência ou preconceito que sofre?

  4. Você tem alguém que te ajuda e te dá suporte? Como você se sente com a ajuda?

  5. Como esta deficiência ou preconceito mudou seu modo de pensar ou te transformou?

  6. Qual a mensagem que você gostaria de passar para as pessoas?

 

Apresentação

 

PARTE 1 

Participantes podem apresentar sua entrevista:

  1. Oralmente

  2. Cartaz

  3. Powerpoint

  4. Video

  5. Outro

*Se possível, convidar os pais para assistir a apresentação do filho.

* 1-3 apresentações por dia. 

 

PARTE 2

Todos os participantes criarão juntos um mural com frases e mensagens importantes dos entrevistados que será colocado no centro espírita ou na sala de aula. Adicionar fotos, se possível, e frases curtas da codificação espírita relacionada com o tema.

 

Sugestão do título do Mural:  SOMOS TODOS IRMÃOS!

Leave a Reply

Your email address will not be published.