Bernadete F. Leal*
Califórnia – E.U.A.

Hoje em dia, encontramos frequentemente crianças e adolescentes ligados na internet,  mídia, nas redes sociais e TV, não percebendo a grande influência que estão recebendo destes meios.

Muitos deles desejam intensamente ser. Mas ser o que? Ser estrela de filme, de seriado de TV, um super herói, um youtuber com vídeos e danças no tik tok ou instagram, na esperança de que se tornem famosos com milhares de seguidores curtindo seus vídeos. 

Raramente encontramos uma criança ou um jovem que diga “Ah, eu quero ser como Madre Teresa, Gandhi, Martin Luther King Jr., ou um Francisco de Assis”; ser alguém que teve ou tem uma beleza interior e de atos abnegados para ajudar o mundo.  

Mas além da influência que a criança recebe da sociedade ou online, a maior delas se encontra na família, no lar, sendo influências positivas ou negativas.  É importante lembrar que  desde o nascimento da criança, ela está aprendendo através das experiências e relacionamentos do meio que vive. É por isso que toda reencarnação é essencial, pois ela oferece a este espírito, no corpo material, infinitas oportunidades para o avanço moral e intelectual até a fase adulta.  

Daí a grande responsabilidade que os pais têm na educação dos filhos de selecionar, da melhor forma, como e em quê seus filhos estão sendo educados para que no futuro não venham se frustrar ou se arrepender daquilo que poderiam ter feito e não fizeram. Que tipo de livros, conversas, filmes, vídeos e exemplos seus filhos estão sendo expostos hoje? Infelizmente muitos pais deixam somente para a sociedade, amigos e a escola esse trabalho. A preocupação com o futuro da criança é importante, mas não esqueça que ele é o resultado das ações do presente. 

Para a criança desenvolver a responsabilidade, ela necessita de exemplo. Precisa de pessoas responsáveis na sua vida. Há pais que reclamam que seus filhos têm vícios, mas esquecem de olhar para seu exemplo, bebendo, fumando, usando drogas e expondo os filhos a este tipo de educação. 

Para que uma criança deseje ter qualidades de Madre Teresa, é necessário educar a criança nos valores espirituais, morais e fazer o bem. Jesus, foi um grande educador. Ele não só nos educou sobre amor e compaixão, mas também nos convidou a colocá-los em prática.  O Espírito Emmanuel falou ao grande médium brasileiro, Chico Xavier, sobre três condições importantes para ter sucesso no trabalho espírita que ele tinha à sua frente. Ele precisava ter disciplina, disciplina e disciplina. Mas para alcançar essa disciplina, caros leitores, precisamos praticar, praticar, praticar.

Infelizmente ainda há hoje, muitos neste planeta que ignoram os ensinamentos de nosso amigo, Jesus, e como resultado, vemos tanta dor e egoísmo na Terra com líderes que não foram educados no amor ao próximo. A pergunta 75a de O Livro dos Espíritos nos lembra que às vezes nossa razão é corrompida pela má educação, orgulho e egoísmo.  Temos um grande número de “ indivíduos que todos os dias são lançados na torrente da população, sem princípios, sem freio e entregues a seus próprios instintos, serão de espantar as consequências desastrosas que daí decorrem?”(L.E. Q 685)

A pergunta 685 do Livro dos Espíritos nos explica sobre a importância de uma educação moral, não a educação moral dos livros, e sim à que consiste na arte de formar os caracteres, à que incute hábitos, porquanto a educação é o conjunto dos hábitos adquiridos. E continua, “Quando essa arte for conhecida, compreendida e praticada, o homem terá no mundo hábitos de ordem e de previdência para consigo mesmo e para com os seus, de respeito a tudo o que é respeitável, hábitos que lhe permitirão atravessar menos penosamente os maus dias inevitáveis.”

Quando uma criança é bem educada no amor, ela se transforma e transforma o ambiente em que vive. Portanto, queridos pais, plante boas sementes em seus filhinhos, regando-as todos os dias. Você pode não ver os resultados agora, mas eles virão se não nesta vida, na futura. O Espírito e a aprendizagem são eternos! O poder e os frutos de uma boa e consciente educação moral e espiritual nunca são em vão. Como disse Paolo Mantegazza, “A educação é a higiene do espírito, assim como a higiene é uma verdadeira educação do corpo.”

Muita Paz!

  1. Kardec, Allan. O Livro dos Espiritos.

 

*Bernadete F. Leal, mestra em  Ciências da Educação e professora na Califórnia, EUA, colabora desde há mais de 25 anos na divulgação do Espiritismo nos Estados Unidos através de artigos, vídeos, cursos e palestras.

Leave a Reply

Your email address will not be published.